Jora Blog

Seu Networking não funciona? A culpa é sua!

Raquel Rodrigues | Oct 30, 2017

É isso mesmo, minha amiga e meu amigo. Sinto dizer que se seu Networking não funciona, a culpa é totalmente sua.

Na vida, tudo é reflexo de quem somos e de como agimos. É preciso se autorresponsabilizar e buscar refletir diariamente se tem dado o seu melhor. Certamente, esse é um dos passos para mudar seus resultados.

Claro que existem fatores que fogem ao nosso controle. O comportamento dos outros, por exemplo. Não há garantia de nada.

Então, você talvez se pergunte como pode ser sua a responsabilidade daquilo que não funciona quando não há controle ou garantia.

Acompanhe comigo.

Você é fácil de ignorar?

Recentemente viajei com uma amiga a Ushuaia, cidade argentina conhecida como Fin del Mundo. Ficamos num lugar simples e aconchegante chamado Posada Del Fin Del Mundo, rs

No café da manhã, éramos recebidas atenciosamente pela Gladys. Além de preparar tudo com muito carinho, foi a melhor guia turística que poderíamos ter. Ela sabe tudo do lugar, o que vale ou não a pena, os melhores custos-benefícios, todos os horários e prontamente cuidava das reservas necessárias.

Saímos cedo e, depois de aproveitar cada segundo do dia, voltávamos para banho, jantar e dormir. E encontrávamos o quarto arrumado com as camas feitas e o banheiro limpo.

Ao irmos embora, fizemos questão de nos despedir e agradecer imensamente à Gladys por todo suporte. Ela contribuiu para trazermos conosco as melhores lembranças de nossa temporada na Terra do Fogo.

Honestamente, nem lembramos de perguntar sobre quem cuidava do quarto para agradecer também. Por quê? Porque somos humanas e como tal temos mais facilidade de lembrar de quem vemos e interagimos. Todos os dias somos atendidos por pessoas que acabamos ignorando.

Ser visto e se manter na memória de suas conexões está sob o seu controle.

Você vale a pena?

Essa é uma pergunta que sempre faço em palestras e encontros. E sinto o desconforto dos participantes ao titubear para responder.

O autoconhecimento é parte da jornada. Quanto mais nos conhecemos, maiores são as chances de focarmos no que realmente somos bons e na nossa autenticidade, gerando credibilidade.

A conexão verdadeira primordial é com a gente mesmo. É de dentro para fora. Daí reverberam a autoconsciência, a autoaceitação e a autoconfiança.

Mahatma Ghandi disse que “felicidade é quando o que você pensa, o que você diz e o que você faz estão em harmonia”. Essa harmonia e coerência são percebidas por quem está a sua volta.

Como você quer ser visto e lembrado por suas conexões está sob o seu controle.

Você constrói relacionamentos?

Eu continuarei insistindo nisso: Networking é sobre construir relacionamentos.

É preciso investir tempo e esforço em conhecer profundamente as pessoas da sua rede, e ajudá-las sempre que puder. Essa atitude garante que a roda gire e todos sejam beneficiados, cedo ou em breve.

Não tem mistério ou fórmula mágica, é uma prática diária. Agora, se você cria expectativas e aparece somente quando precisa, é desinteressado e demonstra preguiça, é bem possível que seja ignorado e malquisto.

Recebi um áudio desabafo de um amigo questionando porque algumas pessoas quando pedimos para nos conectar com determinado alguém respondem com um “taí o email e celular do fulano”. Sério? Uma pessoa dessas deveria se preocupar pelo menos um pouco com a impressão que passa e a importância que dá aos seus relacionamentos.

Prezar por sua imagem, pela qualidade e cuidado com suas conexões está sob o seu controle.

Bora fazer seu Networking funcionar? A satisfação será sua!

Ótimas descobertas e ótimas conexões!

Raquel Rodrigues

Raquel Rodrigues

Raquel Rodrigues é empreendedora, curiosa, criativa, escritora, palestrante, facilitadora, treinadora emocional e networker por vocação. Idealizadora do canal de conteúdo Conexões Verdadeiras