Jora Blog

O QUE PETER DRUCKER NOS ENSINA SOBRE GESTÃO PESSOAL

Ivani Montagner | Jan 19, 2017

A gestão pessoal envolve entender e respeitar quem você é para guiar seus esforços na melhoria do seu desempenho.

O mundo está em constante mudança e hoje nós temos muito mais possibilidades do que há 30 anos. As oportunidades vão se apresentar e se você tiver vontade, disposição e preparo, terá sucesso na profissão que escolheu e também discernimento para ajustar o rumo no decorrer dos 50 anos ou mais de vida profissional. Gerenciar esse caminho é responsabilidade sua. Temos que gerenciar a nossa própria vida, “nos desenvolver, nos inserir onde a nossa contribuição seja mais eficiente e nos mantermos alertas e comprometidos durante toda uma vida profissional. ” “Cada um precisa ser seu próprio CEO”.

É sobre isso que quero falar com você!

Se ganhamos em oportunidades, junto veio a complexidade. Estar inserido nesta complexa rede produtiva requer cuidadoso entendimento acerca de quem somos e como vamos nos mover com sucesso.

No valioso artigo “Gestão Pessoal”, Peter F. Drucker, considerado como o pai da administração moderna, aborda com maestria cada um destes elementos. Vamos revisitar esses conceitos e refletir como você pode colocar essas ferramentas a seu favor.

Conheça seus pontos fortes para saber onde se inserir

Peter Drucker sugere utilizar a análise de feedback para descobrir suas potencialidades. Analise uma decisão que tomou ou algo importante que realizou e anote os seguintes pontos:

Essa análise permite identificar as áreas em que sua competência é reduzida. Existem áreas nas quais não temos nenhum talento. Não devemos desperdiçar esforços para aprimorar áreas nas quais nossa competência é baixa, mas sim investir energia, recursos e tempo nas áreas que somos competentes.

Concentre-se em suas potencialidades. Seu desempenho depende das suas potencialidades. Com esse conhecimento, você pode então:

“Pessoas diferentes trabalham e funcionam de maneiras distintas”

Cada pessoa é única em sua maneira de agir e têm um jeito único de trabalhar. “As pessoas conseguem bons resultados fazendo aquilo no que são boas. Da mesma maneira elas também conseguem bons resultados trabalhando em condições que propiciem melhor desempenho.”

O trabalho de Peter Drucker nos ajuda a nos observar de maneira sistemática para obter o melhor resultado a partir das nossas potencialidades. Você pode fazer uma autorreflexão utilizando os conceitos propostos por Drucker:

“Muitos atuam melhor como mentores, mas não conseguem suportar o fardo e a pressão de tomar decisões. E uma boa parte das pessoas, ao contrário, precisa de um mentor que as obrigue a pensar. Só então conseguem tomar decisões e agir com rapidez, autoconfiança e coragem”

Outras questões importantes: Você trabalha bem sob pressão? Precisa de um ambiente estruturado e previsível? Trabalha melhor numa grande ou numa pequena empresa?

A gestão pessoal envolve entender e respeitar quem você é para guiar seus esforços na melhoria do seu desempenho.

Seus valores estão alinhados com os da organização?

Empresas e pessoas tem seus valores. “Para que uma pessoa seja produtiva numa organização, seus valores precisam ser compatíveis. Não precisam ser exatamente os mesmos, mas devem ser suficientemente próximos para poder coexistir. Caso contrário, a pessoa não produzirá os resultados esperados e irá se frustrar.”

Da gestão para a ação.

Quais são minhas potencialidades? Como é a minha maneira de agir? Quais são meus valores? Estas três perguntas ajudam a decidir onde se inserir e onde não se inserir. São guias para navegar o mundo complexo das oportunidades.

Munido de autoconhecimento, você poderá dizer conscientemente a uma oportunidade que se apresenta: “Sim, eu vou fazer isso”, ou “Não, isso não me interessa”.

“Carreiras bem-sucedidas revelam-se quando as pessoas estão preparadas para oportunidades porque tem consciência de suas potencialidades, de seus métodos de trabalho e de seus valores”.

Qual deve ser a minha contribuição?

Identificar a sua contribuição permitirá definir seus próximos passos. Peter Drucker propõe considerar três aspectos para responder a essa pergunta:

Assuma a responsabilidade nos relacionamentos

Para ser eficiente você precisa conhecer potencialidades, formas de desempenho e valores de seus colegas de trabalho e aceitar que, sob cada um destes aspectos, são tão únicos quanto você. É preciso, também, saber o que cada um faz, com o que contribui e quais os resultados esperados. Se responsabilizar igualmente pelos relacionamentos e pela comunicação que envolvem esta cadeia proporciona relações de confiança.

A verdadeira gestão pessoal se baseia na decisão consciente frente às diversas situações da vida profissional, considerando a si próprio e aos outros. Revisitamos aqui as ferramentas propostas por Peter Drucker para assumir o comando da sua vida profissional utilizando as suas potencialidades como ponto de partida.

O artigo “Gestão Pessoal” – Peter F. Drucker você encontra na íntegra em “Os 10 + da HBR – Harvard Business Review Brasil” – Gestão Pessoal

Gostou deste artigo? Comente abaixo! Compartilhe com seus amigos! Terei o maior prazer em trocar ideias com você.

Ivani Montagner

Ivani Montagner

Ivani é Coach Executiva e membro da Sociedade Brasileira de Coaching.