Jora Blog

A importância das metas na vida pessoal e profissional

Ivani Montagner | Dec 12, 2017

Quem nunca se viu na seguinte situação: após investir tempo e esforço em determinada tarefa, perceber que tal atividade não está nada relacionada com seus próprios objetivos, mas sim eram de interesse de outras pessoas como familiares, parceiros, amigos e empresas? Se você não está trabalhando pelos seus objetivos, quem está? É hora de tomar as rédeas e começar a trabalhar pelos seus objetivos!

Uma pessoa de inteligência média com metas claras pode ir muito mais longe que um gênio que não tem segurança sobre o que realmente quer. Isso foi constatado por Brian Tracy, um dos maiores coaches do mundo, que já trabalhou com mais de dois milhões de pessoas. Por isso, ele nos deixou um conselho: “Anote por escrito suas metas, faça planos para alcançá-las e trabalhe diariamente em seus planos.”

Segundo uma pesquisa realizada em Harvard entre 1979 e 1989, descrita no livro de Mark McCormack, What They Don’t Teach You at Harvard Business School (O que não é ensinado na Escola de Administração de Harvard), formandos do programa de MBA de Harvard responderam a seguinte pergunta:

“Você estabeleceu metas claras, por escrito, para o seu futuro e fez planos para concretizá-las?”

Em 1989, os pesquisadores voltaram a entrevistar as mesmas pessoas:

A única diferença entre os grupos era a clareza das metas que haviam estabelecido para si mesmos ao se formarem.

Em seu livro “METAS - COMO CONQUISTAR TUDO O QUE VOCÊ DESEJA MAIS RÁPIDO DO QUE JAMAIS IMAGINOU”, que é a base deste artigo, Brian Tracy explica o sistema de elaboração de metas que funcionou com ele e com milhões de pessoas e vai funcionar com você também!

A clareza sobre o que quer ter, ser e viver em cada uma das áreas da sua vida altera totalmente sua dinâmica e pode elevar o seu patamar. Imagine você acordar e se dar conta de que é mais um dia para você trabalhar pelos seus sonhos?

O seu nível de motivação se eleva, sua vida ganha mais sentido e suas ações mais vigor. A sua mente passa a trabalhar para a realização das metas.

Ao trabalhar por nossas metas, nossa mente libera ideias. Nossos pensamentos são criativos! “Tudo o que há neste mundo foi antes uma ideia, um sonho, um pensamento na mente de alguém, que depois foi concretizado. Nós temos o poder de criar o nosso mundo e tudo o que lhe acontece.”

Se o seu objetivo é chegar em casa e assistir televisão, é quase certo que alcançará. Se o seu objetivo é criar uma vida próspera e feliz, também é quase certo que alcançará.
Se traçarmos metas humildes, alcançaremos metas humildes.

Se fixarmos metas ambiciosas, nos permitiremos alcançar metas ambiciosas. O nosso mundo externo é o reflexo do nosso mundo interno. Nos transformamos naquilo que pensamos a maior parte do tempo.

As pessoas de sucesso pensam sobre o que querem e como consegui-lo, na maior parte do tempo. As pessoas infelizes e sem sucesso pensam e falam sobre o que não querem, ou seja, elas falam de seus problemas e preocupações.

Sem metas estabelecidas, vamos simplesmente sendo levados pelas correntezas da vida. Se temos um carro potente e uma estrada excelente, mas muita neblina no caminho, nossa direção é lenta e hesitante. Estabelecer metas é como acabar com a neblina, permitindo que focalizemos e canalizemos nossas energias e capacidade em prol da realização dos nossos objetivos.

Se é assim tão simples, porque tão poucas pessoas trabalham na busca de suas metas?

São 4 as razões pelas quais as pessoas não estabelecem metas, segundo Tracy:

  1. Porque acham que as metas não são importantes. Se você cresceu num meio onde as metas não eram discutidas ou valorizadas, é provável que não utilize a sua capacidade de elaborar e concretizar metas.
  2. Porque não sabem como fixar metas. Muitas imaginam que tem metas, mas são fantasia: “Ser feliz”, “ganhar muito dinheiro”, “viver bem com a família”. Uma meta deve ser clara e específica e deve ser descrita com rapidez e facilidade para qualquer pessoa. Pode ser mensurada e você é capaz de saber se a alcançou ou não.
  3. Porque têm medo do fracasso. Passamos pela experiência do fracasso e decidimos tomar mais cuidado no futuro. É aí que muitas pessoas deixam de estabelecer metas para não fracassar.
  4. Porque têm medo da rejeição. Muitas pessoas temem que, se fixarem uma meta e não tiverem êxito, serão alvo de críticas.

“Se temos clareza a respeito de nossas metas, começaremos a nos mover em sua direção.”

A maioria das pessoas leva a vida sem essa clareza. Elas vão resolvendo as coisas à medida que se apresentam. Muitas vezes não são felizes com os seus trabalhos, são insatisfeitas com a vida, porém, “toda noite voltam para casa e ficam vendo televisão, desejando e esperando que as coisas melhorem.

As coisas não acontecem por si mesmas. Para alcançar a felicidade, precisamos ter metas. A adoção de metas proporciona-nos a sensação de significado e propósito. Sentimo-nos felizes quando estamos avançando em direção à uma coisa que é importante para nós. À medida em que nos movimentamos em direção às nossas metas, sentimo-nos mais fortes e mais felizes, mais eficientes e cheios de energia, mais competentes e confiantes em nós mesmos e em nossas capacidades.

“A felicidade é a concretização progressiva de um ideal ou de uma meta que valha a pena.” – Earl Nightingale, citado por Brian Tracy em seu livro “Metas”

Sendo assim, quais são suas metas? Quais sao seus objetivos de vida? Onde quer chegar? Tome nota, faça planos e trabalhe para alcançá-los!

Ivani Montagner

Ivani Montagner

Ivani é Coach Executiva e membro da Sociedade Brasileira de Coaching.