Jora Blog

5 Dicas para Criar Oportunidades

Raquel Rodrigues | May 19, 2017

Empreender nossas vidas e nossas carreiras tem seus altos e baixos, principalmente em momentos de incerteza e alta competitividade como os atuais. Não importa se você é CLT, profissional autônomo, empresário de qualquer porte ou está desempregado, todos recebemos “cartas motivacionais” mensais: as contas para pagar.

Uma grande pressão, não é mesmo? É preciso resiliência e buscar criar as próprias oportunidades.

Em setembro de 2016, tive que tomar uma decisão dentro de um projeto que me fez refletir sobre o futuro e me trouxe um dilema. Sem receita recorrente, não sabia se continuava acreditando na minha empresa e projetos, na autonomia e flexibilidade que conquistei, ou voltava para o mercado de trabalho. Confesso que olhei algumas posições e alguns grupos para freelancers.

Fiquei pensando em quem se interessaria por meus talentos e minhas habilidades que não foram lapidados em nenhum curso e não atendem nenhuma descrição de cargo, mas foram desenvolvidos pelas experiências da vida e pelo meu amor por pessoas.

Uma oportunidade apareceu para mim

Alguns dias depois, meu irmão caçula compartilhou comigo uma oportunidade que viu no LinkedIn. Ousei pensar que era perfeita para mim e esperava ser perfeita para ela.

E então surgiram dois problemas: 1. Empreendendo há mais de 10 anos, não tinha um currículo estruturado, muito menos em inglês, e paralisei.

  1. Enquanto estava paralisada, a vaga já contava com mais de 500 interessados!

O que fazer?

Comecei a pesquisar sobre a empresa nas redes sociais e em seu website. Li seus releases e notícias, até para entender se me interessava mesmo. Por ser um aplicativo, baixei no meu celular e comecei a usar. E nesse processo, encontrei um e-mail geral de contato.

Preparei uma apresentação bem autêntica e enviei. No mesmo dia, esse e-mail geral ganhou um nome e a pessoa pediu para eu me apresentar a quem de fato estava cuidando da vaga. Fiz isso na mesma hora.

Seis dias depois, o responsável respondeu para marcarmos uma entrevista online. Mais dois dias e estávamos conversando, um papo bem descontraído, focado e transparente. Confidenciou que tinha dado preferência para entrevistar quem entrou em contato direto, que já tinha falado com mais duas pessoas e gostado bastante de uma.

Fiquei muito grata pela disposição dele e reforcei que, independente do resultado, gostei mesmo do aplicativo e nos manteríamos conectados. Por estar no Rio de Janeiro, me antecipei em apresentá-lo a uma amiga que poderia ajudá-lo na expansão por lá.

Eu não consegui o cargo. Virei embaixadora do aplicativo, tenho participado de muitos eventos, conhecido pessoas bacanas e ganhado vários mimos. Conheci quem foi contratado, que é um profissional fantástico, e fizemos uma parceria de apoio aos eventos de Networking que organizo, além de incentivar pessoas da minha rede a se envolverem também.

Fazendo a roda do Networking girar

Acredito que tenha percebido que nesse processo eu foquei no caminho da investigação, da proatividade e da construção de relacionamento. Como resultado, passei na frente de 500 pessoas, obtive a entrevista com boas chances de contratação e, mesmo não sendo a escolhida, soube aproveitar o contexto para gerar outros benefícios.

Assim, aqui vão minhas 5 dicas para você criar suas próprias oportunidades:

1. Compartilhe seus interesses com as pessoas

Meu irmão sabia da minha situação, então foi fácil identificar algo que pudesse me interessar e me encaminhar. Se está procurando um emprego, comente com seus familiares e amigos, sendo específico para ajudá-los a ficarem antenados.

2. Esteja atento

Muitas oportunidades estão à nossa volta, pessoas estão falando nelas o tempo todo, conteúdos relevantes estão sendo compartilhados. Deixe as dificuldades um pouco de lado e preste atenção no que está acontecendo ao seu redor.

Quando eu fui entrevistada, ouvi com bastante cuidado o meu entrevistador. Daí pude pensar em alternativas para o caso de uma negativa.

3. Desafie-se

Se eu tivesse feito e enviado meu currículo no LinkedIn, teria me perdido entre os demais. Obtenha o máximo de informações que puder e pense no que você pode fazer diferente ou com quem pode falar para se destacar e agilizar algum processo. Vale a pena.

4. Seja autêntico

Essa mobilização fez sentido porque vi potencial em mim e na vaga, impactando no conteúdo de apresentação. Contei sobre minha reflexão, sobre meu irmão encaminhar a vaga, sobre minha missão pessoal e qualificações, que faço tudo com muito amor. Gostamos de histórias e de quem fala com o coração. Isso é fundamental no cultivo dos relacionamentos.

5. Mantenha contato

Pela questão financeira, parte de mim queria ter conseguido a posição. Pelo que me importa de verdade, fiquei feliz em ter criado a oportunidade e dado a ela outro rumo. Acabou sendo natural desenvolver meu relacionamento com as pessoas do aplicativo. Hoje sou embaixadora, amanhã podem surgir novidades.

No fim, permaneceu a clareza de que quero e devo me manter fiel ao que acredito, no meu negócio e projetos. Por isso estou aqui e procuro elaborar conteúdos que te ajudem a estruturar um Networking inteligente que gere as oportunidades e também os resultados.

Ótimas descobertas e ótimas conexões!

Raquel Rodrigues

Raquel Rodrigues

Raquel Rodrigues é empreendedora, curiosa, criativa, escritora, palestrante, facilitadora, treinadora emocional e networker por vocação. Idealizadora do canal de conteúdo Conexões Verdadeiras